Em quase 3 horas de show, cantor apresentou sucessos novos e antigos da música sertaneja; milhares de pessoas de diversas partes de Minas Gerais marcaram presença em Escarpas do Lago na última sexta-feira (30)

 

Texto: Heberton Lopes/Grupo Balo
Fotos: Phillipe Guimarães – BS Fotografias

 

O feriado da sexta-feira da paixão (30) foi especial em Capitólio. A cidade mineira foi a primeira do Estado a receber o projeto Buteco do Gusttavo Lima 2. O evento, que contou também com os shows de Lucas Barros, Victor Alves, Voltech, The Fish House e Ingek, é uma realização da Nenety Eventos e dos produtores Felipe Santos e Arthur Melo, com o patrocínio dos Supermercados BH e Âncora.

Lucas Barros foi o responsável por esquentar o público com um show repleto de hits da música sertaneja, além de sucessos do funk. O show de Gusttavo Lima começou por volta das 22h30, quando o “Embaixador” – título recebido na Festa do Peão de Barretos – subiu ao palco com Mil vezes cantarei e o público o acompanhou em coro.

Sem deixar os costumes religiosos de lado, Gusttavo Lima esperou o relógio marcar meia noite para começar a beber. Hits atuais e do início da carreira de Gusttavo Lima fizeram parte do repertório, além de modões da música sertaneja, em um cenário de buteco, com efeitos visuais e pirotécnicos.

Após apresentar grandes sucessos acompanhados por sua banda, Gusttavo Lima ficou sozinho no palco, com um banquinho e um violão. Ao som de Você não me conhece, o show se tornou ainda mais intimista.  “Vamos agora de buteco, mas aqueles buteco de copo sujo?”, perguntou o cantor ao puxar o coro do público cantando Seu amor ainda é tudo, sucesso de João Mineiro e Marciano. A canção foi interpretada com dois violões no palco. “Traz a pinga e o pé de frango. Eu tô falando verdade”, brincou o artista, emendando na música Saudade, sucesso na voz de Eduardo Costa.

Ícones da música sertaneja foram relembrados, como Zezé di Camargo e Luciano, Gino e Geno, João Mineiro e Marciano, Milionário e José Rico, Chitãozinho e Xororó e muitos outros. Marcelinho de Lima estava curtindo o show da plateia e foi chamado por Gusttavo Lima para uma participação especial. “Um dos melhores cantores deste país está aqui e eu tenho que convidá-lo para cantar aqui comigo”, disse o artista.  Vai amanhecer, de Bruno e Marrone, foi interpretada em forma de dueto pelos cantores mineiros.

“O repertório acabou. O que vocês querem agora?”, perguntou Gusttavo Lima ao público, e já emendou o clássico Evidências, de Chitãozinho e Xororó. Após atender alguns pedidos de músicas, a banda voltou ao palco e apresentou mais sucessos da carreira do “Embaixador” e modões da música sertaneja. Após mais de 2 horas e 50 minutos de show, Que Pena Que Acabou encerrou a apresentação do artista. O Buteco do Gusttavo Lima seguiu madrugada adentro em Capitólio ao som de Victor Alves, Voltech, The Fish House e Ingek.

Sobre o autor

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.

comentários