Com patrocínio da Vale, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, Orquestra Ouro Preto promove curso destinado às tradicionais corporações musicais, através do Núcleo de Apoio a Bandas e Orquestras.

A Orquestra Ouro Preto sempre teve um sonho de desenvolver projetos junto às tradicionais corporações musicais de Ouro Preto, Mariana e região. No ano passado, este sonho se tornou realidade, com a criação do Núcleo de Apoio a Bandas e Orquestras, que atendeu cerca de 150 músicos e musicistas. A iniciativa deu tão certo que este ano, já estabelecido como referência, o Núcleo oferece o Curso de Fomento a Bandas e Corporações Musicais 2018. Com patrocínio da Vale, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura do Governo Federal, o curso será dividido em quatro módulos. O primeiro foi realizado em abril, no Grêmio Literário Tristão de Ataíde | GLTA, sede da Orquestra Ouro Preto. O módulo 2 será realizado neste final de semana.

O Núcleo foi criado com o objetivo de fomentar a capacitação de regentes, professores e instrumentistas das tradicionais associações musicais de Minas Gerais e do Brasil. Consultorias, oficinas, palestras, atividades práticas e teóricas, tanto no que tange a prática musical, quanto a produção e capacitação para a inscrição de projetos para fomento e reestruturação das bandas estão entre as ações propostas pelo Núcleo. As atividades são inteiramente gratuitas, prezando pela troca de experiências e o diálogo com maestros, músicos e lideranças das associações musicais.

Neste ano o curso será ministrado por João Paulo Moreira (Músico da Orquestra Experimental de Repertório de São Paulo), Alexandre Takahama (Regente e Prof. Dr. Da UNIPAMPA/RS), Luís Fernando Paina (Regente da Orquestra de Sopros de Fernandópolis/SP) e Dario Sotelo (Associação Mundial de Bandas), que trabalharão práticas de ensaio, noções básicas de arranjos musicais, orientações de regência e métodos de ensino coletivo. Os participantes do curso terão acesso ainda a o que há de mais original em métodos de ensino para diversos instrumentos e regência, importados dos Estados Unidos pela Orquestra Ouro Preto, através do Núcleo de Apoio a Bandas e Orquestras, que serão doados às bandas participantes.

De acordo com o maestro Rodrigo Toffolo, regente da Orquestra Ouro Preto e idealizadordo Núcleo de Apoio a Bandas e Orquestra, o Núcleo possui um papel de grande importância no fomento às associações musicais. “Sabemos que as corporações musicais e bandas marciais, não só da região de Ouro Preto e Mariana, bem como de Minas Gerais e de todo o Brasil, fazem parte de um dos mais importantes bens culturais e sociais do país, na formação de profissionais e de cidadãos, através da música. Sabemos também que, apesar de todo a importância dessas associações, a manutenção de suas atividades é sempre com muita dificuldade, especialmente pela falta de apoio. Através do Núcleo de Apoio a Bandas e Orquestras e do Curso de Fomento às Bandas e Corporações Musicais patrocinado pela Vale, queremos estabelecer diálogo com esses fazeres tradicionais, trocar experiências e sugerir caminhos para a manutenção de suas atividades”, ressalta o maestro Rodrigo Toffolo.

PRÊMIO ORQUESTRA OURO PRETO

Para 2018, o Núcleo de Apoio a Bandas e Orquestras apresenta uma grande novidade aos participantes, com a criação do Prêmio Orquestra Ouro Preto. Ao final do curso, os professores escolherão dois músicos/musicistas que se destacarem no decorrer dos módulos, para uma residência artística e musical de uma semana, com tudo pago, no Conservatório de Tatuí, em São Paulo, escola de referência na América Latina, no que tange as corporações musicais de todo o Brasil.

Para entrar em contato com o Núcleo de Fomento a Bandas e Orquestras e ter acesso a informações sobre o Curso de Fomento a Bandas e Corporações Musicais 2018, basta entrar em contato pelo telefone: (31) 3551-1228 ou pelo e-mail: nucleo@orquestraouropreto.com.br

AGENDA

MÓDULO 02

23 e 24 de junho

Sábado: das 10h às 12h e das 13h30 às 15h30 / Domingo: das 10h às 15h30.

Local: Ouro Preto – Grêmio Literário Tristão de Ataíde | GLTA – Sede da Orquestra Ouro Preto – Rua Paraná, 136, Centro.

Professores: João Paulo Moreira (Orquestra Experimental de Repertório de São Paulo), Alexandre Takahama (UNIPAMPA/RS).

MÓDULO 03

28 e 29 de julho

Sábado: das 10h às 12h e das 13h30 às 15h30 / Domingo: das 10h às 15h30.

Local: Ouro Preto – Grêmio Literário Tristão de Ataíde | GLTA – Sede da Orquestra Ouro Preto – Rua Paraná, 136, Centro.

Professores: João Paulo Moreira (Orquestra Experimental de Repertório de São Paulo), Dario Sotelo (Associação Mundial de Bandas).

MÓDULO 04

01 e 02 de setembro

Mostra Final

Local: Ouro Preto – Grêmio Literário Tristão de Ataíde | GLTA – Sede da Orquestra Ouro Preto – Rua Paraná, 136, Centro e Praça Tiradentes.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

comentários